Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘#homeoffice’

Por: Flávio Demarchi

Apesar de ainda incipiente, o Home Office no Brasil está se organizando bem. Além de iniciativas como este blog que vos escreve, há algumas páginas muito boas sobre o assunto pela internet.

A mais interessante que encontramos foi esta: http://www.escritorioemcasa.com.br

Trate-se de um portal especializado em capacitação profissional e Home Office. Ele oferece serviços e informações importantes para quem quer seguir este caminho profissional.

Sua seleção de artigos, muitos deles tirados do site do Sebrae, são um bom ponto de referência sobre questões jurídicas, relações de trabalho e impostos.

Para quem já trabalha em Home Office, eu aconselho dar uma olhada neste link. Lá você encontra um painel de ofertas de profissionais autônomos que trabalham de casa. Você pode, inclusive, fazer divulgação dos seus serviços gratuitamente, o que é sempre bom. : ]

Anúncios

Read Full Post »

Por: Flávio Demarchi

O Brasil tem mais ou menos 180 milhões de habitantes. Destes, 10,6 milhões trabalham da própria casa.

É o que diz uma notícia que encontrei no UOL empregos (e que não sei como não tinha visto antes).

Uma passagem interessante:

“…a cidade perde por ano R$ 4,1 bilhões com congestionamentos, e o paulistano poderia converter em renda 30% do tempo que perde para se deslocar até o escritório.”

Eu acho que a perda pode ser até maior, já que depois de mais uma hora de trânsito você não produz tanto quanto poderia por puro estress.

É bom, mas não estranho, ver também que são as microempresas que mais se beneficiam deste tipo de trabalho. Provavelmente atraídas pela redução de custos elas também saem ganhando em produtividade.

Veja a matéria completa e aproveite para ver este link relacionado: “Trabalhar de casa ajuda o moral e reduz o estresse, diz pesquisa”.

Read Full Post »

Por: Flávio Demarchi

Quem nunca teve vontade de dar uma dormidinha no trabalho? É talvez a situação mais constrangedora possível em um escritório. Você quer ficar acordado, mas aquele sono que vai tomando conta de você, a vista fica escura, você tenta se segurar no mouse (que vai junto e ainda leva seu note), se entope de café ruim, mas não adianta. Você precisa dormir:

Dizem que uma soneca de 20 minutos, não mais, é o suficiente para você descansar sem entrar em sono profundo. Se eu fosse o chefe desse cara do vídeo eu mandava ele dormir no sofá. Daria na mesma, não? Ele está sem condições de trabalhar, mesmo. Pelo menos você salva a produtividade do resto do dia.

Claro que em casa você pode aproveitar a hora do almoço e dar uma dormidinha, mas se é um daqueles dias que você não pode se dar ao luxo, pode tentar algo mais nerd:

Que tal andar por aí com o computador a tira-colo? O Hip Office te ajuda a levar o trabalho para onde for. Duvido que você durma andando.

Duvido que trabalhe também, mas você pode tentar. : ]

Talvez usar o Hip Office seja vergonhoso. Mas cair da cadeira de sono é pior, não?

Aliás, nota à parte, quem anda com a perna tão afastada assim como na foto? E o braço reto? O cara deve estar dançando.

Veja o site do fabricante. Outras imagens peculiares te esperam.

Read Full Post »

Macetes.

Por: Flávio Demarchi

O blog Efetividade.net tem alguns bons artigos sobre Home Office. No último, eles separaram 10 dicas para melhorar o escritório doméstico. São elas:

Pare para pensar no seu ambiente

Alimente-se melhor

Redistribua os móveis e objetos

Fuja do aperto

Acorde mais cedo

Atitude ecológica

Arquive direito os documentos

Organize os cabos

Atenção às telecomunicações

Considere a ergonomia

Confira no site Efetividade.net as explicações.

Aproveitando, reuni outras dicas pessoais:

Invista em redes sem fio: além de diminuir o incômodo dos fios e a sujeira provocada por eles, um roteador sem fio te permite variar entre ambientes e aproveitar melhor o benefício de trabalhar em casa. Além de que, em Home Office, você tende a ficar muito tempo sozinho e certas mudanças ajudam a manter o astral.

Esqueça os desktops: mesmo mais caros e geralmente menos potentes, os notebooks acumulam vantagens em cima dos computadores de mesa. Em um Home Office, além de te permitir sair com o computador para uma reunião, um note se mostra extremamente útil por economizar espaço na sua mesa e também por permitir ser guardado, mudando um ambiente de trabalho para um caseiro em segundos. E não deixe de usar senhas de acesso. É uma proteção a mais que não custa nada. Especialmente se houver crianças em casa.

Olhos nos olhos: não se engane, em um Home Office você vai passar mais tempo na frente de um computador. Então cuidado com as costas. Um notebook tem a grande desvantagem de te obrigar a ficar curvado como um anzol para trabalhar. Para amenizar o problema eu posiciono o meu note em cima de dois livros grossos e utilizo um teclado usb com um mouse extra. Dessa maneira o monitor fica mais próximo à linha dos olhos.

Separe bem: na medida do possível, separe o computador pessoal do computador de trabalho por motivos óbvios.

Tire horas de almoço fixas: use um despertador, se necessário, mas não sacrifique a hora do almoço. Tirar uma hora para dividir o dia é ótimo para relaxar e manter-se produtivo o dia inteiro.

Telefone: eu uso apenas internet, mas se você necessita um telefone, um voip como o Skype ou o Vono é uma ótima idéia. O telefone toca apenas nas horas que o computador está ligado. Isso ajuda a que você separe bem as horas de trabalho com as pessoais.

Visitas: Saiba com antecipação se algum serviço de manutenção vai passar na sua casa e deixe as intruções com outra pessoa. Não deixe que o trabalho dos outros atrapalhe o seu. Se não houver mais ninguém na casa, agende todos as visitas que for receber para um dia só, de preferência para o mesmo período.

Apagão: como disse há uns posts atrás, tente ter dois serviços de internet de fornecedores diferentes. Nunca se sabe quando uma nova pane no Speedy vai te deixar na mão.

Read Full Post »

Por: Flávio Demarchi

Você nasceu para ser dono ou empregado? Trabalhando da sua própria casa, mesmo sendo empregado, você acaba se comportando como dono, e uma maneira ou de outra. Mas é sempre bom saber das alternativas.

Veja o vídeo abaixo que encontrei na globo.com:

Algumas boas dicas do vídeo:

– Ao abrir um negócio, procurar um sócio que não seja muito parecido com você (para não cometer os mesmos erros).

– Abrir a sua empresa motivado por uma oportunidade, não por uma situação passageira ou desconforto em especial.

– Ao ser dono, prepare-se para a instabilidade e para os riscos: tenha mais dinheiro que o mínimo necessário para abrir o negócio. Imprevistos acontecem.

Algumas críticas:

– Tenho sérias dúvidas se é realmente uma questão de vocação ser empregado ou dono.

– Dizer que empregados gostam de trabalhar em equipe e donos não, é uma generalização antiquada.

– Dizer que donos não gostam de ouvir palpites é uma semi-verdade. Os bons donos não só gostam, como sabem estimular seus empregados, fornecedores e clientes e darem sugestões e incluí-los nas soluções.

Read Full Post »

Seus problemas acabaram!

Mesmo para quem trabalha em casa, e não tem um chefe controlando o horário de chegada, acordar cedo é fundamental para construir uma rotina e manter a produtividade em alta. Sou da opinião que o local de trabalho e as roupas podem variar (haja vista a pesquisa que citamos há uns posts atrás), mas sou bastante rigoroso comigo mesmo quanto à hora de acordar.

Mas se você, como toda pessoa normal, tem problemas com os famosos “só mais cinco minutinhos”, este produto é a solução:

Shocking Alarm Clock

Apesar de parecer um simples (e antiquado) despertador, o diferencial deste produto genial é que, ao desligar o alarme, ele te presenteia com um belo choque de bom-dia! Quem pode negar que é o produto perfeito para qualquer masoquista dorminhoco que se preze?

Além de um ótimo presente para amigos que não tenham um marca-passos, este relógio é a desculpa perfeita para discutir sobre a importância da rotina, e me gabar de ter perdido a hora uma única vez em quase dois anos de Home Office!

Obrigado. : ]

Toco neste assunto porque muita gente não se imagina trabalhando em casa pelo medo de que a falta de rigor atrapalhe a rotina. Confesso que eu era uma dessas pessoas. Nunca fui fã de acordar cedo, ter hora para comer, dormir (aliás, não durmo cedo até hoje), etc. Mas uma vez que percebi a importância e os benefícios de certos hábitos, passei a seguí-los por vontade própria.

O que não acho saudável, e considero a grande armadilha deste estilo de vida, é controlar a rotina através da culpa. Pode-se pensar que a culpa tem uma finalidade pragmática justificável. Mas não se engane. Além de muito pontual, ela fará com que você adote práticas contra sua vontade, a preço do seu bem-estar. Isso é completamente contraditório, se você pensar que as pessoas procuram o Home Office atrás de mais qualidade de vida.

O pulo-do-gato está em compreender que alguns costumes precisam ser seguidos, e pronto. Nada de traumas, nada de castigos. Se você sabe racionalmente que deve fazer algo, e você faz, essa é a própria boa-vontade. Não é algo que você tem, ou não tem… a boa-vontade é o processo. Se a liberdade é realmente algo importante para você, alguns sacrifícios nos seus hábitos não serão problema.

Acho um pouco triste, apesar de compreensível, algumas pessoas acreditarem precisar de um chefe (ou da culpa) para controlá-los. Em larga escala, é o mesmo argumento que mantém no poder políticos paternalistas e tirânicos pelo mundo. Algo como um Leviatã.

Ok, a comparação é exagerada, mas pensando no que é melhor para cada um, não acha meio estranho um adulto precisar de um chefe para dizer as horas de dormir, comer e acordar?

Para essas pessoas o Shocking Alarm Clock é o presente perfeito. : ]

Bom fim-de-semana.

Por: Flávio Demarchi

Read Full Post »

Este blog faz parte da campanha Chega de Trânsito – campanha a favor do home-office. A campanha é uma iniciativa dos sócios da Sociale Comunicação, Franco Rosário e Flávio Demarchi, que trabalham de suas casas desde meados de 2006. Ela foi criada para incentivar o trabalho remoto (ou teletrabalho). Acreditamos que o trabalho à distância é uma tendência e uma boa solução para o trânsito das grandes cidades. Mas não é só isso.

Trabalhar em casa (ou no lugar que a pessoa escolher) é uma alternativa viável para diversos tipos de profissionais serem mais produtivos e terem mais qualidade de vida. A tecnologia hoje permite, mais do que nunca, a troca de informações em tempo real e conexão 24h entre pessoas em qualquer lugar do mundo. Já não há mais necessidade de se unir todos os trabalhadores embaixo de um mesmo teto, isso é da época da revolução industrial, do surgimento das fábricas!

Mais do que qualquer outra coisa, este blog trata de liberdade. Acreditamos que uma pessoa deve ser cobrada pelos resultados que oferece, e não pelo tempo que dedica à empresa. Ela deve ter liberdade de horário e local para produzir mais e melhor.

Este é um espaço para a troca de experiências entre os profissionais que trabalham longe de escritórios e para aqueles que gostariam de trabalhar em casa, em um café, parque ou qualquer outro lugar. Iremos postar dicas e sugestões para empresas e profissionais que querem adotar o home-office ou o anywhere-office, e estamos abertos também a críticas e comentários.

Você pode participar enviando conteúdo para ser publicado para o e-mail chegadetransito@sociale.com.br. Envie textos, fotos, vídeos, o que quiser. Queremos a participação de todos!

Com o tempo teremos novidades, fiquem de olho.

Read Full Post »